“Hora de Plantar”- Baixio Recebi 100 Mudas de Caju Para Distribuir entre Agricultores Cadastrados

Com a chegada da estação chuvosa os agricultores nordestinos se manifestam para começarem seus plantios. Nessa época do ano, o milho e o feijão são as sementes mais procuradas para o cultivo na região centro sul do Estado do Ceará.

Mas, nem só de milho e feijão vive o homem do campo!

Pensando nisso, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) de Ipaumirim em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado (SDA) entregou nesta quinta-feira (18) na sede da Secretaria de Agricultura do Munícipio de Baixio, 100 mudas de Caju Precoce para serem distribuídas entre os agricultores baixienses cadastrados no Programa Hora de Plantar. O secretário de agricultura do município, Valdésio Joaquim, fez questão de receber pessoalmente as doações de mudas e afirmou que o incentivo ao cultivo dessas e de outras espécies frutíferas precisam continuar crescendo em nossa região. São plantas como essas que ajudam na alimentação familiar e auxilia na parte financeira com a comercialização da manga, goiaba, seriguela e o próprio caju. Afirmou Valdésio!

Aproveitando o ensejo da matéria, o secretário convida os agricultores (as) e interessados no plantio a procurarem a sede da secretaria municipal de agricultura para se cadastrarem no Programa Hora de Plantar do Governo do Estado de Ceará para receberem mudas como essas de caju precoce entre outras diversidades de plantas frutíferas ou não frutíferas, que só o “Hora de Plantar” pode oferecer.

O que é o Programa Hora de Plantar?

O Projeto Hora de Plantar foi criado para atender com sementes e mudas de elevado potencial genético os (as) agricultores (as) de base familiar do Estado do Ceará. Foi estruturado a partir do programa denominado Arrancada da Produção, em 1987. Concebido, portanto, há mais de 24 anos, este projeto tem contribuído para o aumento da produção e produtividade e, para a melhoria das condições de vida do homem do campo, proporcionando aumento de renda e segurança alimentar.